11/04

 

Semana Santa chegando e é tempo de pensar sobre o almoço do Domingo de Páscoa, momento de celebrar com uma mesa farta e saborosa. Seguindo o costume de muitas famílias do Espírito Santo, o Restaurante Pedra Azul elaborou seu cardápio com dois pratos tradicionais: a Torta e a Moqueca Capixaba, feitas em panela de barro, tempero extra da culinária local.

Criada há mais de 400 anos a partir de influências da cultura africana, portuguesa e indígena, a Torta Capixaba é feita com siri, camarão, sururu, ostra e palmito misturados com ovos batidos. E o bacalhau? Segundo o historiador Cacau Monjardim, o prato original não tinha esse ingrediente, mas hoje é parte da maioria das receitas, tornando a Torta um ícone da gastronomia capixaba – diz a história que era um costume trocar pedaços da torta entre amigos e vizinhos para ver quem fez a mais gostosa!

A Moqueca Capixaba não fica atrás em sucesso na mesa, tendo até um dia de homenagem, instituído por Lei Municipal, 30 de setembro.  Vale saber que moqueca é um estilo de preparação dos alimentos com cozimento no próprio caldo da carne, no caso, do peixe escolhido com temperos como cebola, tomate, cebolinha.  E, não cometa o erro de confundir com a moqueca baiana.  No Espírito Santo, a receita não leva azeite de dendê, nem leite de coco. Uma disputa onde quem saboreia as duas é que sai ganhando...